sexta-feira, março 1, 2024
InícioFique por dentroPortugal e os encantos de Porto. Eleito o Melhor Destino Europeu de...

Portugal e os encantos de Porto. Eleito o Melhor Destino Europeu de 2017

Portugal : O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale.
Localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de 92 090 km², sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autônomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. É a nação mais a ocidente do continente europeu.
 
Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005), tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é, também, uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.
 
Possui um clima mediterrânico, é um dos países europeus mais amenos: a temperatura média anual em Portugal continental varia dos 13 °C no interior norte montanhoso até 18 °C no sul, na bacia do Guadiana. Os Verões são amenos nas terras altas do norte do país e na região litoral do extremo norte e do centro. O Outono e o Inverno são tipicamente ventosos, chuvosos e frescos, sendo mais frios nos distritos do norte e centro do país, nos quais ocorrem temperaturas negativas durante os meses mais frios. No entanto, nas cidades mais ao sul de Portugal, as temperaturas só muito ocasionalmente descem abaixo dos 0 °C, ficando-se pelos 5 °C na maioria dos casos.
 
Normalmente, os meses de Primavera e Verão são ensolarados e as temperaturas são altas durante os meses secos de julho e agosto, podendo ocasionalmente passar dos 40 °C em boa parte do país, em dias extremos, e com maior frequência no interior do Alentejo.
 
O clima e a diversidade geográfica moldaram a flora portuguesa. No que diz respeito às florestas portuguesas estão muito difundidos, por razões econômicas, o pinheiro, o castanheiro, o sobreiro, a azinheira , o carvalho-português e o eucalipto .
A fauna de mamíferos é muito variada e inclui a raposa, texugo, lince-ibérico, lobo-ibérico, cabra-selvagem, o gato-selvagem, a lebre, a doninha e ocasionalmente urso-pardo (perto do Rio Minho, perto da Peneda-Gerês) e muitos outros.

O país é um lugar de paragem importante para aves migratórias que se deslocam entre a Europa e África, em lugares como o Cabo de São Vicente ou a Serra de Monchique, onde podem ser vistos milhares de pássaros que voam a partir da Europa para África no Outono ou no sentido oposto na Primavera. Portugal tem cerca de 600 espécies de aves.
 
Portugal tem mais de 100 espécies de peixes de água doce que variam desde o bagre-gigante-europeu (Parque Natural do Tejo Internacional) a pequenas espécies endêmicas que vivem apenas em pequenos lagos. As águas marinhas portuguesas são umas das mais ricas em biodiversidade do mundo. As espécies marinhas são na ordem dos milhares e incluem a sardinha, o atum e a cavala-do-atlântico.
 
Em Portugal também é possível observar o fenômeno de ressurgência, especialmente na costa oeste, que torna o mar extremamente rico em nutrientes e biodiversidade. As áreas protegidas de Portugal incluem um parque nacional, treze parques naturais (o mais recente criado em 2005), nove reservas naturais,cinco monumentos naturais, e seis paisagens protegidas, que vão desde o Parque Nacional Peneda–Gerês ao Parque Natural da Serra da Estrela.
 
População:
Cerca de 10 329 484 habitantes em 2016.
 
O turismo continua a ser um setor econômico extremamente importante para Portugal, sendo que o número de visitantes deverá aumentar significativamente nos próximos anos.
Portugal está entre os 20 países mais visitados do mundo, recebendo uma média de 13 milhões de turistas estrangeiros anualmente. O turismo está desempenhando um papel cada vez mais importante na economia de Portugal, contribuindo para cerca de 11 % do seu produto interno bruto (PIB) em 2010. Entre os estrangeiros que mais visitam o país estão os britânicos, espanhóis, alemães, franceses e brasileiros.
 
A gastronomia é muito rica em variedade. Cada zona do país tem os seus pratos típicos, incluindo os mais diversificados alimentos, passando pelas carnes de gado, carneiro, porco e aves, pelas diversas espécies de peixe fresco (sardinha e carapau) e marisco. O bacalhau é dos peixes mais consumidos, existindo inúmeros pratos à base deste peixe. Entre os queijos sobressaem os da Serra da Estrela, de Azeitão e de São Jorge, entre muitos outros.
 
É um país fortemente vinícola, sendo célebres os vinhos do Douro, do Alentejo e do Dão, os vinhos verdes do Minho, e os licorosos do Porto e da Madeira. Na doçaria, entre uma enorme variedade de receitas tradicionais, são muito famosos os chamados Pastéis de nata (ou pastéis de Belém, assim denominados apenas na região de Lisboa), assim como os ovos moles de Aveiro, o pastel de Tentúgal, a sericaia ou o pão-de-ló de Ovar, e as Tíbias na cidade de Braga e muitos outros.
 
Entre os pratos típicos os destaques são: o cozido à portuguesa, o bacalhau à Brás, à Gomes de Sá, as espetadas da Madeira, o cozido vulcânico dos Açores (São Miguel), o leitão assado à moda da Bairrada, os rojões de Aveiro e do Minho, a chanfana da Beira, a carne de porco à alentejana, os peixes grelhados muito consumidos no litoral, as tripas (da região do Porto), as pataniscas (da região de Lisboa) ou o gaspacho (do Alentejo e Algarve).
Portugal e Brasil possuem variações de hora em diversos períodos do ano. Como um país está no Hemisfério Norte (Portugal) e outro no Hemisfério Sul (Brasil), as estações do ano são inversas, ou seja, quando é verão no Brasil, em Portugal é inverno e assim por diante.
 
Então, dos meses de março, abril, maio, junho, julho, agosto, setembro e metade de outubro, Portugal está com 4 (quatro) horas a mais no relógio em relação ao Brasil, pois no país europeu também existe o horário de verão.
 
De metade de outubro até a metade (mais ou menos) de março, a diferença de horário entre Portugal e Brasil fica de apenas 2 (duas) horas a mais.
 
Uma das principais cidades de Portugal – a segunda maior em população – Porto é sinônimo de boa comida, gente simpática e solidária, de uma beleza e singularidade que não se encontra em muitas cidades europeias.
 
Os países da Península Ibérica possuem uma paisagem incrível. Portugal é ainda mais sugestivo por ter colonizado o Brasil e com isso termos muito da cultura deles enraizada na nossa.
 
O sotaque marcado, a harmonia e a paz são as marcas desta importante cidade de Portugal. Porto é o lugar ideal para uma fotografia maravilhosa.
 
Esse é o convite para você desfrutar de alguns principais pontos turísticos.
 
A língua, provavelmente, não será um incômodo na hora de visitar Portugal. 
 
A queridinha da vez para o turismo é a cidade do Porto.
 
Porto : É a cidade que deu o nome a Portugal. É apaixonante, logo à primeira vista, conhecida mundialmente pelo seu vinho, pelas suas pontes e arquitetura contemporânea e antiga, o seu centro histórico, classificado como Patrimônio Mundial pela UNESCO, pela qualidade dos seus restaurantes e por sua gastronomia, por sua principal equipe de futebol, o Futebol Clube do Porto, por sua principal universidade pública: a Universidade do Porto, colocada entre as 200 melhores universidades do Mundo e entre as 100 melhores universidades da Europa, bem como pela qualidade dos seus centros hospitalares.
 
É a sede da Área Metropolitana do Porto, que agrupa 17 municípios com 1.757.413 habitantes em 1.900 Km2 de área, com uma densidade populacional próxima de 1098 hab/km², o que torna a cidade a 13ª área urbana mais populosa da União Europeia e a segunda área (NUTS III) mais populosa de Portugal.
 
A cidade do Porto fica no norte de Portugal, distante 313 quilômetros de Lisboa, um trajeto que pode ser feito de carro, trem, ônibus ou avião. Este último com pontes aéreas de hora em hora, todos os dias da semana, em uma viagem de aproximadamente 40 minutos com promoções frequentes.
 
Com uma população de 240 mil habitantes, a cidade do Porto tem um clima mediterrânico e estações bem marcadas, tendo um inverno frio e chuvoso e um verão quente e seco.
 
Conhecida mundialmente por seus excelentes vinhos, a cidade portuguesa está em uma região de Portugal que é a única que mais exporta produtos do que importa, possui uma estrutura portuária grande (Porto de Leixões) e o Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro.
 
Na cidade encontra-se a maior Sinagoga da Península Ibérica e uma das maiores da Europa – a Sinagoga Kadoorie, edificada em 1938. Nela pode conhecer-se a história e religião Judaicas, ter contato com importantes objetos históricos e documentos assim como saber mais sobre a Comunidade Judaica do Porto ao longo dos séculos até aos dias de hoje.
 
Como pontos turísticos, destacam-se a Torre dos Clérigos, a Fundação de Serralves, o Museu de Arte Contemporânea. O Centro Histórico é Patrimônio da Humanidade, classificado pela UNESCO. A Foz é outra zona altamente turística, por muitos considerada a mais bela zona da cidade, onde se pode desfrutar da beleza do Oceano Atlântico conjugada com um belíssimo e romântico passeio marítimo.
 
Foi capital europeia da cultura em 2001 (Porto 2001) e acolheu vários jogos do Campeonato Europeu de Futebol de 2004. Ainda, em evidência, está o Mercado do Bolhão, um símbolo arquitetônico de comércio tradicional, onde se encontram as famosas vendedeiras do Mercado, características da cidade.
 
A cidade conta com mais de 10 mil eventos anuais, desde concertos, passando por teatros, exposições ou mesmo festas com Dj’s famosos numa das várias boites e bares da cidade.
 
Contudo, o maior evento de diversão continua a ser o São João do Porto, de 23 para 24 de Junho, quando milhares de pessoas invadem as ruas da cidade. Neste evento são de destacar as sardinhadas, os manjericos com as respetivas quadras sanjoaninas, o alho-porro, as marteladas e os bailaricos de freguesia.
Vários pratos da tradicional culinária portuguesa tiveram origem na cidade do Porto, cuja identidade (a nível dos pratos principais de carne e de peixe, das sopas, das entradas e dos aperitivos, dos vinhos e das aguardentes, dos queijos e dos enchidos, bem como das sobremesas e da doçaria) se insere na identidade gastronômica mais vasta do território identitário do Entre Douro e Minho.
 
O prato típico por excelência da cidade são as Tripas à moda do Porto, prato histórico e que remonta à altura dos descobrimentos portugueses, e que pode ser encontrado em muitos dos restaurantes da cidade. O Bacalhau à Gomes de Sá é outro prato emblemático da cidade do Porto, muito apreciado pelo seu sabor e requinte, que tem também impacto em todo o território português, bem como no Brasil, visto que o Brasil foi povoado, estruturalmente, por portugueses da região Norte de Portugal. O Caldo Verde também é um sopa típica, originária e emblemática do Porto e da região Norte de Portugal. A francesinha é, da culinária recente, o prato mais famoso, e consiste num sanduíche recheado com várias carnes (normalmente carne de vaca, linguiça, salsicha fresca e fiambre) e coberta com queijo e um molho especial (molho de francesinha).
 
 
A bebida que tem o nome da cidade é o vinho do Porto, é produzido na região vitivinícola do Alto Douro (a mais antiga região demarcada do mundo). O vinho do Porto é exportado internacionalmente a partir das caves que se situam na margem esquerda do rio Douro, em Vila Nova de Gaia. No Porto, também se situa a sede da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, sendo o vinho verde também o tipo de vinho, para além do vinho do Douro, que costuma acompanhar vários tipos de pratos da gastronomia portuense. É, no Porto, que se realiza, anualmente, o ‘Vinho Verde Wine Fest’.
 
Instituições culturais
A cidade do Porto possui diversos espaços culturais de referência na região e a nível nacional. Entre os diversos museus da cidade, destaca-se o Museu de Arte Contemporânea, um dos museus mais visitados do país, onde obras de arte de vários artistas contemporâneos são, também, expostas, ao lado da flora típica da região norte de Portugal no envolvente Parque de Serralves. A Casa do Infante, datada do século XIII e onde terá nascido o Infante D. Henrique, é atualmente museu medieval da cidade e arquivo distrital. Outras casas museu incluem a Casa-Museu Fernando de Castro, a Casa-Museu Guerra Junqueiro, Casa-Museu Marta Ortigão Sampaio e a Casa-Oficina António Carneiro.
 
Inserido no edifício da Alfândega Nova, o Museu de Transportes e Comunicações tem como objetivo mostrar a história dos transportes e meios de comunicação. O Museu do Carro Eléctrico, instalado na antiga central termo eléctrica de Massarelos, dispõe de uma coleção carros elétricos e atrelados que circulavam pela cidade. Anualmente, organiza-se um desfile de carros elétricos do museu pelas ruas da cidade, entre Massarelos e o Passeio Alegre.
 
O Museu Nacional de Soares dos Reis, criado em 1833 por D. Pedro IV, inclui grande parte da obra do escultor. No Porto existem diversos museus temáticos: o Museu do Vinho do Porto, Museu da Indústria, Museu de História Natural, Museu do Papel Moeda, Gabinete de Numismática, Museu de Arte Sacra, Museu da Misericórdia do Porto, Museu Nacional da Imprensa, Jornais e Artes Gráficas, Centro Português de Fotografia, Museu Romântico da Quinta da Macieirinha, Museu Militar do Porto, Museu Nacional de Literatura e o Castelo do Queijo. O Porto acolhe ainda as fundações de António de Almeida, António Cupertino de Miranda, Ilídio Pinho, Guerra Junqueiro e Mesquita Carvalho.
 
 
Os auditórios culturais da cidade são na sua grande maioria construções do séculos XIX e XX. A construção mais arrojada e relevante dos últimos anos é a Casa da Música, uma obra de arquitetura que foi concebida para o evento Capital Europeia da Cultura 2001, da autoria do arquiteto Rem Koolhaas e aclamada internacionalmente. O Teatro Rivoli, o Teatro Nacional São João e o Teatro Sá da Bandeira são importantes salas de espetáculos, de relevo histórico e arquitetônico, localizados na Baixa do Porto. Na baixa da cidade localizam-se ainda outros auditórios, como o Coliseu do Porto e o Cine-Teatro Batalha, histórica sala de cinema da cidade a que está ligada a expressão local “vai no Batalha!”. Outros teatros incluem o Teatro do Campo Alegre e o Teatro Helena Sá e Costa, este último é palco dos talentos em formação na Escola de Música e Artes do Espetáculo do Porto.
 
Desporto
Por influência das famílias inglesas que exploravam o negócio do vinho do Porto, as primeiras partidas de futebol em Portugal realizaram-se na cidade do Porto. O Porto conta com grandes clubes desportivos, sendo os principais o Futebol Clube do Porto e o Boavista Futebol Clube. Existem ainda numerosos clubes de menor dimensão, mas com função social de grande relevo. O Estádio do Dragão, da autoria do Arquiteto Manuel Salgado, é a casa do Futebol Clube do Porto. O estádio já esteve diversas vezes em revistas internacionais de arquitetura, onde fora fortemente elogiado
 
Pergunta-se por que razão o Porto acaba de ganhar o prêmio de Melhor Destino Europeu 2017?
 
A cidade do Porto volta a superar a concorrência de outros 19 destinos e conquista esta importante distinção pelo terceiro ano e com um recorde de 138 mil votos contabilizados. O Porto continua a ser a única cidade portuguesa a conquistar o galardão e a primeira a conquistá-lo por mais do que uma vez.
 
Depois da nomeação e da disputa com cidades como Paris, Amesterdam, Londres ou Barcelona, o Porto volta a conquistar o título que já tinha arrecadado em 2012 e 2014, mas desta vez com uma votação ainda mais expressiva, já que superou os 138 mil votos – quase o triplo dos votos que há um ano deram a vitória à cidade croata de Zadar.
 
Um número que atesta o potencial e atratividade da cidade, não só para os portuenses, mas também para os portugueses e para os turistas provenientes de todo o mundo. Na verdade, e de acordo com os dados já divulgados pela organização do concurso, o Porto seria vencedor mesmo só com os votos registados fora do território nacional. O Porto foi o destino mais votado em 85 países, registando 58% da votação fora de Portugal. Em território nacional, a votação no Porto superou os 89%.
 
Recorde-se que o “Melhor Destino Europeu” é atribuído através da votação on-line no site da European Best Destination, organização dedicada à promoção turística europeia, sediada em Bruxelas, e que faz uma pré-seleção das cidades a concurso.
 
Dessa forma, resolvemos listar os pontos turísticos de Porto para você se surpreender
 
As dicas começam pela francesinha, passam pelo vinho, pela Livraria Lello, Café Majestic, Estação de São Bento, pelo Fantasporto, pelo NOS Primavera Sound, pelo pôr-do-sol na Ribeira, pelo Centro Histórico e pela Casa da Música. Mas termina com o fator mais importante, as pessoas.
 
Cruze a Ponte Luis I em direção à marginal de Vila Nova de Gaia. Irá encontrar todo o tipo de bares e restaurantes, com vistas panorâmicas sobre o Porto. Perfeito para uma comida romântica…
 
Viaje à Belle Époque portuense tomando um chá no Café Majestic, fundado em 1921. É um dos locais com mais glamour da cidade…
 
Aproveite para fazer compras nas lojas mais tradicionais da Rua de Santa Catarina. Você encontrará também todo o tipo de stands de artesanato e espetáculos de rua montados por artistas locais.
 
Relaxe com um passeio pelos jardins do Palácio de Cristal. Onde poderá desfrutar de uma vista incrível sobre o rio Douro.
 
Respire a tranquilidade da cidade enquanto passeia a pé pela Avenida dos Aliados e admire a bela arquitetura dos edifícios que a rodeiam.
 
Visite o Estádio do Dragão e divirta-se nas arquibancadas com os adeptos do F.C.Porto enquanto assiste a um bom jogo de futebol.
 
Suba os 240 degraus da Torre dos Clérigos. Será possível observar praticamente todos os pontos da cidade.
 
Sente-se numa das mesas do Café Piolho (Café Âncora d’Ouro) e se deixe levar pelo ambiente boêmio… Inaugurado em 1909, foi e continua sendo um dos mais importantes pontos de encontro dos estudantes e intelectuais da cidade.
Para conhecer o lado mais cosmopolita da vida noturna da cidade, tem que passar pela zona da “Galeria de Paris” e pelas ruas paralelas. Aí encontrará bares, restaurantes e muita gente simpática.
 
Não pode deixar de assistir a um espetáculo de fado ao vivo, para entender melhor o que é ser português e o significado da palavra “saudade”
 
Pelo menos uma vez na vida, tem que celebrar o São João no Porto. Junte-se aos bailaricos espalhados pelos bairros da cidade, comer sardinha assada, comprar um manjerico e desfrutar da noite mais divertida e mais longa do ano.
 
Visitar o Palácio da Bolsa do Porto, considerado um dos mais belos edifícios do Porto e um dos mais ricos de Portugal. Neste Palácio é onde se rende homenagem aos chefes de estado que visitam a cidade.
 
 
Parque da Cidade do Porto
 
 
World of Discoveries – Museu Interativo & Parque Temático
Rua de Miragaia 106, 4050-386 Porto, Portugal
 
 
Museu de Arte Contemporânea de Serralves
Museu de arte · R. Dom João de Castro 210
Abre às 10:00
 
Museu FC Porto / FC Porto Museum
Via Futebol Clube do Porto – Estádio do Dragão, 4350-415 Porto
 
 
Estádio do Dragão
Via do Futebol Clube do Porto, Porto 4350-415
 
 
MMIPO – Museu da Misericórdia do Porto
R. das Flores 15, 4050-265 Porto
 

 
Igreja dos Carmelitas Descalços
R. do Carmo 1, 4050-011 Porto
 
Igreja dos Grilos
Largo do Colégio, Porto
 
 
Ponte de Dom Luís I
 
Cais da Ribeira
 
 
Rio Douro
 
 
Igreja de São Pedro dos Clérigos
Igreja dos Clérigos
R. de São Filipe de Nery, 4050-546 Porto
 
Praia do Homem do Leme
Avenida de Montevideu 196, Porto 4150-516
 
 
Praia do Carneiro
Avenida Dom Carlos I, Porto 4150-190
 
 
Praça da Liberdade
Rua dos Clérigos | Baixa do Porto, Porto 4000-322
 
 
Rua Santa Catarina
Rua Santa Catarina, Porto 4000-447
 
 
Palácio de Cristal
Rua D. Manuel II, Porto 4050-345
 
 
Porto Bridge Climb
R. do Ouro 680, 4150-553 Porto
 
Câmara Municipal do Porto
Praça General Humberto Delgado, Porto 4000-172
 
 
Palácio da Bolsa
R. de Ferreira Borges, 4050-253 Porto
 
Casa da Música
Av. da Boavista 604-610, 4149-071 Porto
 
 
Farol Molhe do Douro
Avenida Dom Carlos I, Porto 4150-190
 
 
Casa do Infante
Rua da Alfândega, 10, Porto 4050-297
 
 Sé Catedral do Porto
Terreiro Se, Porto 4050-573
 
 
Igreja de São Francisco
Igreja Monumento de São Francisco
Rua do Infante D. Henrique, 4050-297 Porto
 
 
Forte de São Francisco Xavier / “Castelo do Queijo”
Praça de Gonçalves Zarco, 4100-274 Porto
 
Livraria Lello
R. das Carmelitas 144, 4050-161 Porto
 
El Corte Inglés de Gaia
Loja de departamento
Av. da República 1435, 4430-999 Vila Nova de Gaia
Por Val Campello
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular