terça-feira, abril 16, 2024
InícioNão deixe de lerNão caia nos 7 golpes mais comuns de "Trabalho no Exterior".

Não caia nos 7 golpes mais comuns de “Trabalho no Exterior”.

Sabe aquela vaga de trabalho no exterior que é boa demais para ser verdade? Ela foi pensada justamente para atrair aqueles candidatos que buscam uma ótima oportunidade em outro país. Golpistas e empregadores inescrupulosos aproveitam-se dos interessados para tirarem proveito da situação.

Todo cuidado é pouco quando for arranjar um emprego no exterior. Se já é problemático cair nas mãos de um aproveitador no Brasil, estando em outro país é muito pior. Prevenir é sempre o melhor remédio, muito cuidado com golpes muito comuns nas ofertas de trabalho.

Lista de Golpes mais comuns:

Massagistas e recepcionistas de spa.
Nesse caso, as maiores vítimas são as mulheres. O anúncio de emprego no exterior costuma ser bem atraente, com um tom jovial e encanta à primeira vista. Aparentemente, o cargo é para fazer massagens em um spa ou trabalhar na recepção. Entretanto, não é bem assim. Ao chegar à entrevista, as candidatas descobrem que o local é destinado apenas ao público masculino e que a proposta tem um cunho erótico. É preciso estar muito atento a este tipo de anúncio e oferta de emprego. Geralmente, são suspeitos e envolvem mercado sexual.

Sem experiência.
Sim, é possível conseguir um emprego no exterior sem experiência, mas geralmente são oferecidos cargos com salários bem baixos. Se você encontrar vagas com pagamentos altos e que aceitem pessoas sem qualquer formação, desconfie. Esse tipo de oferta geralmente tem uma descrição muito genérica e poucas informações sobre as funções desempenhadas. A intenção é despertar interesse nos candidatos e parecer praticamente irresistível.

Babá
Todo mundo sabe que há países em que ser babá é realmente compensatório. O salário é bom e as condições gerais são vantajosas. Há inclusive quem emigre com esse objetivo, como acontece com quem é au pair. Mas, em alguns casos, pode ser uma furada. A função de tomar conta apenas das crianças pode transformar-se em outras mil funções. Em pouco tempo, a babá vira também diarista, motorista e cozinheira, sem receber por isso. Ao procurar um emprego no exterior para essa área, é importante clarificar muito bem tudo que ficará a seu cargo e registrar o acordo em contrato.

Pedido de dinheiro
Outra pegadinha que engana muita gente são empresas que pedem dinheiro para “assegurar a vaga”. O contato geralmente é feito por e-mail e o responsável pela vaga solicita uma determinada quantia para pagamento de uniforme, por exemplo, análise de processo, documentos. Lembrando que isso pode acontecer com quem vai trabalhar em cruzeiros, mas existe uma agência específica que cuida do recrutamento e existem encontros presenciais.

Os falsos representantes comerciais.
Representante comercial é o nome mais moderno para vendedor. Até aí poderia estar tudo bem, mas a vaga geralmente é anunciada sem dar a dimensão real das funções desempenhadas. Pode ir de telemarketing a vendas de porta em porta. Em comum, péssimas condições de trabalho, horários totalmente fora da lei e um salário bem diferente daquele que foi anunciado. Sem considerar o fato de que, para receber aquele valor anunciado, será necessário cumprir com metas bastante improváveis.

Envio de documentos e dados pessoais.
Uma prática comum tanto para emprego no exterior como dentro do Brasil mesmo é a solicitação de documentos pessoais do candidato. Cópia de passaporte, CPF, RG…O procedimento pode parecer simples e é…se você já tiver sido contratado. Em fase de seleção, essa documentação nunca é necessária. Os golpistas costumam usar esses dados para praticarem estelionato posteriormente.

Salário atrativo demais.
Conseguir um emprego no exterior e ainda ganhar muito bem é o sonho de qualquer pessoa. Dessa forma muitos oportunistas atraem trabalhadores interessados em salários bastante atrativos. O que os recrutadores não explicam é que os contratados precisarão atingir metas quase impossíveis para conseguir receber o valor colocado em anúncio. Ou seja: a verdade é que o candidato nunca receberá aquilo que foi inicialmente combinado.

Fonte: E-konomista

RELATED ARTICLES

Most Popular