terça-feira, abril 16, 2024
InícioFique por dentroPorto Rico decide se tornar 51º estado dos EUA em referendo

Porto Rico decide se tornar 51º estado dos EUA em referendo

Com cerca de 97% dos votos favoráveis, segundo resultados quase definitivos, Puerto Rico escolheu se tornar o 51º estado dos EUA. O referendo consultivo realizado neste domingo (11), no entanto, foi largamente boicotado pela oposição e registrou uma baixa participação: apenas 22,7% dos 2,2 milhões de cidadãos com direito de voto foram às urnas.
 
Esses resultados eram previsíveis, considerado o boicote dos partidos Independentista Porto-riquenho (PIP) e Popular Democrático (PPD), que consideraram a consulta “uma farsa”, pois o referendo não é vinculante para os EUA.
 
Entretanto, Ricardo Rousselló Nevares, o governador da antiga colônia espanhola que se tornou território norte-americano no final do século XIX, já prometeu defender em Washington e nos fóruns internacionais a vontade dos eleitores.
 
“Recorreremos aos fóruns internacionais para defender a importância de que Porto Rico seja o primeiro estado hispânico dos Estados Unidos”, disse o político, acompanhado de sua esposa Beatriz Areizaga García no município de Guaynabo, a oeste de San Juan.
 
Porto Rico é uma ilha do Caribe que os Estados Unidos tomaram da Espanha em 1898. Em 1952, Washington lhe conferiu o status de “Estado livre associado”, o que dá alguns direitos para seus habitantes, como a cidadania americana e a liberdade de movimento no território norte-americano, além de alguma autonomia, mas não podem votar em eleições presidenciais, a menos que residam no continente.
 
Os porto-riquenhos são representados no Congresso por apenas um comissário consultiva, sem voto. E Washington tem a última palavra em assuntos de seus territórios.
 
No último referendo em 2012, a maioria dos eleitores disse estar descontente com o status atual. Mas desde então nada mudou e Rosselló quer tentar novamente uma mudança.
 
Entre as razões que levaram a esse voto, está a grave crise econômica que Porto Rico atravessa há mais de uma década. A ilha vivia das grandes empresas atraídas por isenções fiscais, mas esses benefícios foram abolidos em 2006, dando início à queda livre da economia da ilha.
 
Hoje, 46% dos seus 3,5 milhões de habitantes vivem na pobreza. A ilha enfrenta uma dívida de mais de 70 bilhões de dólares que não pode honrar, o que resultou em maio na maior quebra econômica de uma entidade pública americana.
 
Washington passou a supervisionar suas finanças, mas não mostra vontade de resgatar Porto Rico, entre outras coisas, porque não é propriamente um estado da União.
 
Fonte: France Presse / Globo
Saiba mais sobre Porto Rico: https://miamieflorida.com.br/porto-rico
 
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular