sábado, abril 13, 2024
InícioNotíciasAdvogada brasileira é única morta em acidente de trem em New Jersey

Advogada brasileira é única morta em acidente de trem em New Jersey

A mulher que morreu após um trem descarrilar e bater na estação em Hoboken, em New Jersey, nesta quinta-feira era brasileira, segundo o site da rede americana NBC. A vítima foi identificada como Fabíola Bittar de Kroon, de 34 anos, uma advogada ex-funcionária de uma empresa de software. O escritório do médico-legista confirmou a identidade da vítima.
 
De acordo com a NBC, Fabíola havia se mudado fazia pouco tempo para a cidade. O marido da advogada estava viajando a negócios nesta quinta, mas já está voltando a New Jersey. Fabíola tinha uma filha. Segundo policiais, a mulher estava na plataforma da estação em Hoboken e foi atingida por destroços. Mais de 100 pessoas ficaram feridas após o acidente, de acordo com o governador Chris Christie. Todas foram resgatadas das ferragens do veículo e encaminhadas para hospitais da região. Fotografias publicadas por passageiros mostraram um vagão do trem que aparentava ter batido e atravessado um cruzamento da estação, derrubando parte do teto e deixando destroços no local. A estação é usada por muitos passageiros que vão de New Jersey para Manhattan, em New York, e tem uma circulação de cerca de 50 000 pessoas diariamente. O momento do acidente, por volta das 8h30, no horário local (9h30 em Brasília), é uma das horas mais movimentadas da estação.
estacao-trem1
 
Segundo um porta-voz do Centro Médico da Cidade de Jersey, há três pacientes em estado grave, que já estão sendo tratados, e nenhum corre risco de vida. Outras quarenta pessoas também foram enviadas ao hospital e estão passando por uma triagem. O restante dos feridos foi liberado pelos paramédicos ainda na estação. De acordo com a imprensa local, as teorias preliminares são de um acidente causado por defeitos no veículo ou de um erro não intencional do condutor.
 
Investigadores encontraram a caixa-preta com os dados do trem de passageiros que descarrilou e atingiu uma estação em Hoboken, em New Jersey, nos Estados Unidos, disse um porta-voz de área de segurança nos transportes dos Estados Unidos nesta sexta-feira (30).
 
A composição atingiu a estrutura da plataforma durante o horário de pico da manhã, informou o porta-voz do Conselho Nacional de Segurança no Transporte (NTSB, na sigla em inglês). Os investigadores não conseguiram chegar até o outro gravador na dianteira do trem por causa dos escombros, disse.
nj-2
 
O gravador registra dados que incluem a velocidade do trem, a posição do acelerador e o uso de freios, ainda de acordo com a Reuters. As causas do acidente não estão claras, mas a agência France Presse afirmou que a composição não conseguiu parar ao entrar na estação e se chocou contra a plataforma. O governador Chris Christie disse que o que se sabe é que o trem chegou à estação numa velocidade alta e que os investigadores ainda trabalham para saber o motivo. A vice-presidente do NTSB, Bell Dinh-Zarr, disse em uma coletiva de imprensa que a investigação deve levar de 7 a 10 dias, segundo a Reuters. O trem #1614, que partiu de Spring Valley, em New York, terminava sua viagem de uma hora rumo ao sul quando se chocou com o terminal. A colisão derrubou colunas de apoio. Testemunhas descreveram um cenário de terror e caos.
 
O serviço da NJ Transit foi suspenso para partidas e chegadas no terminal de Hoboken, um dos polos de transporte mais movimentados na área de Nova York, nesta sexta.
 
Fonte: Veja / G1
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular