sexta-feira, maio 24, 2024
InícioNotíciasAlerta da Meteorologia: Pessoas podem congelar na rua em minutos

Alerta da Meteorologia: Pessoas podem congelar na rua em minutos

Uma brutal onda polar vinda da Sibéria avança pelos Estados Unidos e provoca queda fenomenal da temperatura que impressiona os mais experientes meteorologistas.

Às vésperas do Natal, os Estados Unidos enfrentam uma tempestade de inverno “única numa geração”, como descreveu nesta sexta-feira (23/12) o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês).

O evento climático afeta grande parte do país, em uma onda de frio extremo, com temperaturas que chegam a -50 °C. Pelo menos cinco pessoas morreram em acidentes em estradas congeladas e outras cinco, de frio.

Até mesmo a Flórida, considerado o Estado americano mais ensolarado, deve ter o Natal mais frio em 30 anos.

O presidente americano, Joe Biden, alertou para a gravidade da situação e pediu que a população siga as recomendações das autoridades. Milhões de pessoas não devem conseguir chegar a seus destinos para o Natal, devido a voos, trens e ônibus cancelados ou adiados, e ao perigo nas estradas.

“Este é realmente um alerta meteorológico muito severo. E vai de Oklahoma ao Wyoming, e do Wyoming ao Maine. Há consequências reais. Por isso, encorajo todos a seguirem os avisos locais”, disse Biden em declarações à imprensa no Salão Oval da Casa Branca, em Washington.

Biden sublinhou que não se trata de um dia normal de neve, mas de algo “extremamente sério”, e disse que seu governo tem tentado contatar os 26 governadores dos estados afetados.

Ciclone bomba
O serviço meteorológico dos EUA informou que mais de 200 milhões de americanos foram afetados por alertas de mau tempo. “De costa a costa” há risco de quedas drásticas de temperatura, ventos congelantes e queda maciça de neve.

Segundo os meteorologistas, um ciclone bomba – quando a pressão atmosférica cai muito rapidamente em uma forte tempestade – deve se desenvolver perto da fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá. De acordo com o NSW, a maior quantidade de neve deve ser registrada nos Grandes Lagos, com até 122 centímetros.

A agência meteorológica alertou que as temperaturas podem cair para até -56 °C, com fortes rajadas e fortes nevascas que podem causar danos à infraestrutura e atrapalhar as viagens.

Fonte: MetSul /DW

Foto: REUTERS/Robert Frank

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular