quarta-feira, abril 17, 2024
InícioNotíciasProfessor de Jiu-Jitsu brasileiro é preso por agressão em Boca Raton.

Professor de Jiu-Jitsu brasileiro é preso por agressão em Boca Raton.

O lutador e professor de jiu-jitsu brasileiro, Cleberson Vilar, de 36 anos, foi preso pela polícia de Boca Raton (FL) na saída da boate Blue Martini depois das 4 da manhã do sábado (11) depois de agredir um homem. De acordo com o boletim de ocorrência, Vilar estava saindo da boate, começou a brigar com a própria esposa, Beatriz. O homem que estava com eles, o brasileiro Nicolas Cavour, de 36 anos, entrou no meio da discussão de Vilar e sua esposa tentando acalmar os ânimos e acabou sendo violentamente agredido.“Meu irmão tentou intervir, na tentativa de evitar que Cleberson batesse na própria esposa, mas acabou levando uma surra do professor de jiu jitsu brasileiro”,  ele foi nocauteado rapidamente e Cleberson continuou batendo nele caído no chão e inconsciente- afirma Marcel, irmão da vítima.
De acordo com a polícia, o lutador deu diversos socos no rosto  de Nicolas que ficou gravemente ferido.
O pai de Nicolas, Luiz Cavour afirmou que o filho está completamente desfigurado e que passará por uma cirurgia de reconstrução facial na tarde desta terça-feira (14) no Del Ray Medical Center. “Para mim, o que aconteceu foi uma tentativa de homicídio. Meu filho está internado, vai ter que fazer uma cirurgia para reconstruir o rosto. O lutador foi covarde, deu um golpe no Nicolas que caiu desmaiado e ele continuou batendo. Afirma o pai de Nicolas.
O lutador foi preso na mesma noite, pagou fiança e foi solto no dia seguinte.

Fonte: Sun Sentinel

vilar

RELATED ARTICLES

Most Popular