sábado, abril 13, 2024
InícioNotíciasBrasileiro ganha espaço nos EUA exibindo fotos de ratos multicoloridos.

Brasileiro ganha espaço nos EUA exibindo fotos de ratos multicoloridos.

Imagens produzidas por um fotógrafo de Santos, no litoral de São Paulo, estiveram em uma exposição que reuniu artistas nacionais e internacionais em Nova York, nos Estados Unidos. O curioso é que Fabiano Ignácio, de 42 anos, ganhou espaço em terras estrangeiras fotografando ratos em close, traçando um paralelo entre a vida dos animais e a dura realidade do artista suburbano.

Fabiano conta que a fotografia surgiu como um hobby em sua vida. Ele trabalha em um escritório de Comércio Exterior e percebeu que tinha talento para a arte. “Começou em 2012, com um celular. Percebi que as minhas fotos se destacavam das de outras pessoas. Um amigo, então, me deu uma câmera profissional usada”, diz. No mesmo ano, ele fez um curso com um fotógrafo renomado. “Aprendi muita coisa, muitas técnicas”, lembra.
Desde que descobriu essa paixão, Ignácio não parou mais de clicar pessoas, lugares e objetos. Ele passou também a exibir suas fotos, sempre com foco na arte contemporânea. “A fotografia artística, contemporânea não é direcionada a coisas belas, é mais crítica”, explica.
Recentemente, surgiu a inspiração para o projeto “Ratos”, que mostra uma série de fotografias em close e traça um paralelo entre a vida do animal e a dura realidade do artista suburbano, que tenta sobreviver e ganhar a vida com a arte. Essa visão é explicada em placas, posicionadas ao lado das imagens.

 

rato3
Uma exposição em Praia Grande deu ao fotógrafo a oportunidade do contato com importantes curadores. Em seguida, as fotografias do projeto “Ratos” foram selecionadas para integrar a mostra Brazilian and International Contemporary Art, no Consulado Geral do Brasil em Nova York.
O evento incluiu pinturas, fotografias, esculturas e instalações, permitindo ao espectador conhecer a arte contemporânea brasileira, em diálogo com a internacional. Ao todo, participaram 50 artistas provenientes do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Minas Gerais, Ceará e Brasília, além de quatro estrangeiros.
“Nunca imaginei que as minhas fotos estariam em Nova York. A fotografia e a arte abrem muitas portas”, diz Ignácio, que não pôde ter o gostinho de ver seus trabalhos expostos na cidade americana, mas já planeja uma viagem em outubro, onde outras imagens suas estarão expostas em Barcelona, na Espanha.

 

rato2

RELATED ARTICLES

Most Popular