segunda-feira, julho 15, 2024
InícioNotíciasCâmbio favorável leva argentinos a "invadir" o Brasil para passar férias.

Câmbio favorável leva argentinos a “invadir” o Brasil para passar férias.

Milhares de argentinos vão passar as férias de janeiro no Brasil. Só neste sábado (2), cerca de 12 mil cruzaram a fronteira.
 
E a Polícia Rodoviária Federal está de olho nesses turistas
 
É uma invasão de argentinos. Em um posto da Polícia Federal em Uruguaiana, fila para fazer o registro de entrada no Brasil.
 
Mariano, que já veio quatro vezes com a família, nunca tinha visto tanta gente. Ele conta que teve que esperar quatro horas para fazer a migração debaixo de muito calor.
 
O movimento é grande nos dois sentidos: gente que volta para casa depois do feriadão de Ano Novo e os que chegam para passar as férias no Brasil.
 
Logo na chegada, eles recebem orientações sobre as regras de trânsito.
 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, os argentinos ainda continuam pisando fundo no acelerador, por isso que a infração mais frequente é o excesso de velocidade.
Nos últimos dias, na BR 290, um dos principais acessos ao Brasil, metade das multas aplicadas pelos radares foi para motoristas que dirigiam carros com placas da Argentina.
 
Um estava a 119 quilômetros por hora, num trecho onde a velocidade máxima é de 110 quilômetros.
Mas outros andam bem mais rápido. “A mais de 140, a mais de 150. Isso praticamente todos os dias acontece”, diz o inspetor Alessandro Castro, da Polícia Rodoviária Federal.
O motorista estrangeiro que levar uma multa não vai conseguir sair do Brasil de carro sem fazer o pagamento.
 
” A sinalização é internacional tanto aonde é permitido ultrapassar quanto nos excessos de velocidade, mas eles sempre tentar dar um jeitinho ‘hermano’ dizendo que lá em diferente, mas não há diferença”, explica um policial rodoviário federal.
 
Os argentinos vêm em busca das praias e também motivados pela alta do dólar.
 
“Um veranista que vem com U$ 1 mil, ele converte e vai conseguir gastar quase R$ 4 mil aqui no Brasil”, lembra o economista Julcemar Zilli, da UPF.
 
Além do câmbio favorável, os argentinos se beneficiam do fim da taxa de mais de 30% que era cobrada nas compras com cartão de crédito no exterior. Por isso, uma família que não vinha há 10 anos ao Brasil, disse que valeu a pena e é muito bonito.
 
“Vale a pena, muito a pena”, diz a dona de casa Graciela Páscoa.
 
Enquanto eles aproveitam, os brasileiros faturam. Um hotel, em São Gabriel, na Região Central, contratou mais funcionários.
 
Com todos os quartos reservados em janeiro, a camareira Daniela Soares comemora: “Viva os argentinos!
Fonte: G1
RELATED ARTICLES

1 COMENTÁRIO

  1. Por favor me desculpem pela minha ignorância mas essa notícia que está em todos os meios de comunicação é no mínimo ridícula ,como é que o cambio está favorável para argentinos que recebem seus salários e ganhos em Pesos e 1 dólar custa 13,04 pesos logo para comprar esses 1.000 dólares (como fala a reportagem) se gasta 13.040 pesos , a reportagem é superficial e não leva em conta como esses dólares são adquiridos se no caso o 1 peso= a 1 dólar ok mas assim cambio favorável ?? para o turista americanos por exemplo que recebe em dólar ai sim vale ,reportagem superficial que só leva em conta o valor do dólar em relação ao real mas esquece como a moeda local da Argentina está pior que a nossa .Se alguém tiver outra opinião por favor compartilhe para que eu entenda isso ,obrigado

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular