sexta-feira, março 1, 2024
InícioNotíciasYoutuber dos EUA diz que foi baleada no Rio de Janeiro no...

Youtuber dos EUA diz que foi baleada no Rio de Janeiro no carnaval

Uma blogueira carioca naturalizada norte-americana Joana Franco disse, em seu canal no YouTube, que foi baleada nas costas enquanto passava o carnaval no Rio de Janeiro. A jovem nasceu na cidade, mas é naturalizada americana desde os 5 anos de idade e vive nos Estados Unidos. Ela havia ido visitar a família na Tijuca e, na volta, teve o carro em que estava com seus parentes cercado por criminosos.
 
“Estava em Copacabana e fui visitar a minha família na Tijuca no último dia de carnaval. Meu pai vive lá, meu irmão menor, meus primos e tios vivem lá. Eles viveram ali suas vidas inteiras e não é um lugar particularmente perigoso. É perigoso, o Rio é perigoso, mas não quero que pareça como se as pessoas não devessem visitar o Brasil. Esta é apenas uma história particular, que não é para assustar”, conta ela em seu vídeo no canal Damon and Jo, que tem mais de 500 mil seguidores.
 
Joana conta que estava no carro com os tios, que estavam indo levá-la em Copacabana, e estava sentada no banco de trás com os primos de 15 anos. Ainda de acordo com ela, o carro da família estava próximo a Tijuca, quando eles foram abordados.
 
“Do nada, num piscar de olhos, havia dois homens em motos bloqueando a passagem e um homem apontando uma arma para o lugar em que eu estava em uma tentativa de roubar os carros e as pessoas que estavam nos carros. Meu tio continuou dirigindo e bateu em uma das motos e o pensamento era ‘A gente não pode parar aqui, essas pessoas estão armadas, elas vão nos matar.’
 
Desse momento em diante, só lembro de flashes. A gente andou e só ouviu os disparos. E o barulho era tão alto, e o cheiro de pólvora era tão forte, e então eu senti que fui atingida nas costas e eu falei ‘eu fui baleada nas costas, a gente precisa ir para o hospital agora'”, relembra ela, emocionada, no vídeo.
 
Ela foi levada para o hospital e ficou com a bala alojada.”Depois eu olhei para o lugar em que eu estaria se estivesse com o meu cinto de segurança, e havia uma enorme marca de bala exatamente naquela direção. Então, de novo, tudo acontece por uma razão, e se eu tivesse colocado o cinto você provavelmente não estaria vendo este vídeo agora. De alguma forma, por algum motivo, essa bala ficou alojada nas minhas costas em que não afetaria nada de vital”, diz ela, de 24 anos.
 
Apesar da experiência de violência, ela faz elogios ao carnaval na cidade.”Só para esclarecer as coisas, o carnaval é incrível, nós passamos três noites curtindo,nos fantasiando e colocando purpurina na cara e vendo as pessoas se sentindo completamente vivas”, disse. Até o início da tarde desta sexta-feira (10), o vídeo já havia sido visualizado cerca de 100 mil vezes.
 
Segundo a assessoria de imprensa do Hospital Badim, da Rede D’Or, onde a jovem aparece em uma foto postada na internet, Joana realmente ficou internada na unidade e já recebeu alta. No entanto, sobre a jovem ter dado entrada no hospital após ser alvejada por disparo de arma de fogo, o Badim informou que detalhes do prontuário médico do paciente são sigilosos.
 
Fonte: Elisa Souza, G1 Rio/ Globo
RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Most Popular